Doria pinta salas do Palácio dos Bandeirantes de preto e cinza e quer alugar espaços para eventos

0
26

Governo diz que pretende reverter renda de aluguéis para Fundo Social São Paulo. Auditório com capacidade para mil pessoas pode ser alugado.


Sala de reuniões do Palácio dos Bandeirantes foi pintada de tons escuros — Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Sala de reuniões do Palácio dos Bandeirantes foi pintada de tons escuros — Foto: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

A gestão do governador João Doria (PSDB) pintou salas do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo, de preto e cinza, e disse que pretende alugar alguns espaços para a realização de eventos. O governo não informou o custo da pintura.

A sala de imprensa e um salão amplo de reuniões tiveram paredes e portas pintadas de preto e outros tons escuros. As mesas de reuniões agora são cobertas com panos pretos.

A assessoria de comunicação do governo informou que “após 10 anos, o Palácio dos Bandeirantes passa por manutenção para conservação do patrimônio público, sendo principalmente pinturas nas portes e paredes e pequenas adequações como parede de drywall. Não existe decorador responsável, a decoração é feita pela empresa responsável pelas manutenções de rotina do prédio”.

Segundo informações da Conpresp (Conselho Municipal de preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental da cidade de São Paulo), o Palácio dos Bandeirantes foi tombado em definitivo no ano de 2016, pela Resolução 06/2016, que assegura a preservação integral das características externas da edificação principal.

Sala de imprensa do Palácio dos Bandeirantes teve paredes pintadas de preto — Foto: TV Globo/Reprodução

Sala de imprensa do Palácio dos Bandeirantes teve paredes pintadas de preto — Foto: TV Globo/Reprodução

Ainda segundo o Palácio, “todas as telas fazem parte do acervo artístico-cultural dos Palácios do Governo, composto por cerca de quatro mil obras, e são volantes entre os cômodos, também trocadas entre o Palácio Boa Vista e o Palácio dos Bandeirantes, assim como também arquivadas ou enviadas para restauro.”

O governo do estado diz que pretende locar espaços e salões que hoje são usados para reuniões, como por exemplo “o auditório Ulysses Guimarães, que tem capacidade para mais de mil pessoas, dada a escassez deste tipo de equipamento na cidade”. Segundo o governo, a renda será revertida para o Fundo Social São Paulo.

Sala do Palácio dos Bandeirantes teve parede e porta pintadas de preto — Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Sala do Palácio dos Bandeirantes teve parede e porta pintadas de preto — Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Desde que assumiu o governo, no dia 1º de janeiro, Doria abriu mão do direito de morar no Palácio dos Bandeirantes. Ele segue morando em sua casa no Jardim Europa, na região central de São Paulo. O ex-governador Geraldo Alckmin morou no Palácio dos Bandeirantes durante sua gestão.

No gestão do governador Geraldo Alckmin, sala de reunião do Palácio dos Bandeirantes tinha tons mais claros — Foto: Livia Machado/G1

No gestão do governador Geraldo Alckmin, sala de reunião do Palácio dos Bandeirantes tinha tons mais claros — Foto: Livia Machado/G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui